Durante o trabalho de parto a mobilização da pelve é como uma dança. Para o companheiro que participa neste processo, e que aprende a olhar para a mulher em trabalho de parto, livre e sem preconceitos, ele consegue ver e sentir a “Dança Sensorial da Pelve no Parto”.

Porque é importante caminhar e escolher diferentes posições durante o parto?

Tanto se ouve e se fala sobre a grávida não ficar imobilizada durante o parto.

Sobre ela escolher ouvir o seu corpo e por isso adotar diferentes posições e caminhar enquanto está a dilatar.

 Em 2018, a OMS lançou novas orientações, para o respeito da grávida durante o trabalho de parto, onde incluem a recomendação de «Estimular a adoção de mobilidade e uma postura ereta».

É importante que a grávida e o seu acompanhante aprendam a conhecer a pelve, a mobiliza-la, a reconhece-la como o local onde está o bebé e a percecionar o seu volume, entendendo com isso, que há espaço quer para o bebé se acomodar quer para nascer.https://academiatelmacabral.pt/services/curso-de-preparacao-para-o-parto/

Desenvolver a capacidade de sentir toda a pelve, externa e internamente, sem tocar, apenas de olhos fechados reconhecendo toda a sua dimensão e confiando nas suas competências.

É SENTIR!

Usar a pelve durante o trabalho de parto é, sem dúvida, uma experiência sensorial.

  • Se no parto te permitires sentir O BALANÇAR DOCE E SUAVE DA TUA PELVE, em movimentos que o teu corpo te indica, num momento de explosão hormonal, tornas mais rápida a descida do teu bebé, mais rápido o teu parto, e guardas uma experiêcia completamente inesquecível.
  • Há como uma SENSUALIDADE nestes movimentos que habilmente a natureza oferece, quando tu movimentas a tua PELVE, e libertas a tua MENTE.

A SURPRESA DA SENSUALIDADE NA LIBERDADE DA TUA PELVE NO DIA DO PARTO.

  • Para o teu companheiro é quase sempre uma agradável surpresa, quando intimamente comprometido neste projeto gravidez e parto, percebe que tu és, não só́ a grávida, mas também a mulher.

A pelve é tua, tu comandas os teus movimentos, tu respondes ao que o teu bebé necessita quando avança no canal de parto.

É uma dança sensorial o percurso que o teu filho faz até ti.

Ela é sem dúvida o berço tranquilo e suave, onde o teu bebé cresce e se prepara para o vosso encontro há tanto tempo marcado. Chegou a hora. E está tudo perfeitamente certo, na altura exata.

Autor: Telma Cabral

Leave a comment