A gravidez e o parto são acontecimentos únicos na vida de uma mulher. Desde o momento em que aceitas receber uma vida e deixas que ela se desenvolva dentro de ti, até ao momento em que esse bebé tão amado chega até aos teus braços, através de ti, todo o teu corpo sofre alterações. O medo do parto pode surgir e tem origem nessas alterações que vão acontecer.

As alterações são a nível hormonal, cardiovascular, gastrointestinal, musculoesquelético, pois o teu corpo físico precisa agora de fazer crescer o teu bebé e de garantir que a tua gravidez evolua até ao dia em que ele está preparado para a aventura do seu nascimento.

Estas alterações a nível físico podem provocar-te insegurança e ansiedade com o teu corpo e com a tua imagem; podem até, interferir com a tua sexualidade, o que por si só já merecem uma atenção especial e um acompanhamento especializado.

Mas a experiência da gravidez não se resume ao plano físico. É maior do que isso. A experiência da gravidez trás à mulher, crescimento e mudança, quer emocional quer espiritual.

É importante que cada mulher viva, sinta e experiencie cada momento, cada alteração cada surpresa que acontece em si durante este período.

É importante que não sinta medo do parto!

O próprio trabalho de parto será um momento de mudança na mulher, que está a preparar-se para deixar de ser grávida e passar a ser Mãe.

Cada fase do trabalho de parto, é um mergulhar cada vez mais profundo até ao lugar mais íntimo do nosso ser.

Mas como deixar de sentir medo do parto?

A tua mente, é uma ótima açambarcadora de pequenos e indeléveis momentos que viveste, de palavras que ouviste, quase impercetíveis, de acontecimentos dos quais já nem te lembras, de um filme que viste em criança, da história do parto da tua mãe, e os quais, ela acondicionou muito bem e, a partir deles, criou a toda a tua conduta de pensamento, de orientação e de tomada de decisões. Criou o teu quadro de valores e de preconceitos, deixando bem viva a memória do que te faz ter medo. É como uma sentinela, mas que de tão intransigente, por vezes não nos facilita a vida.

O medo do parto, normalmente tem origem aqui, na mente. Mas como contornar esta força, este sentimento que anda lado a lado com a tua felicidade de estar grávida?

Dando elasticidade à tua mente, através de “novos e interessantes pontos de vista”, de novas aprendizagens de novas orientações, neste caso específico, relativamente a tudo o que envolva a maternidade.

Onde poderás ir buscar esses novos conceitos?

A um nível bastante profundo, tu tens a capacidade e a sabedoria de parir. O teu Eu interior sabe muito bem o que tem de fazer, quais as tuas competências para ajudares o teu filho a nascer, a facilitar a sua saída, a sua chegada até ti, até aos teus braços, até aos teus seios. Afinal se preparares bem esse caminho, descobrindo esse teu conhecimento ancestral, não precisas ter medo do parto.

Mas é desse teu conhecimento que, afinal, tens medo. Tens medo do que irás descobrir. Do poder que encerras dentro de ti, mas que a sociedade e o ritmo da vida atual, não te deixam sequer procurar.

É aqui que começa a tua preparação para o parto.

A preparação para o parto não é só um curso onde vais buscar conhecimentos, sobre gravidez, parto e pós-parto. A Preparação para o parto é um projeto de amor e crescimento. Um projeto que valida aquilo que tu já sabes.

E é na validação desses conhecimentos e na aquisição de ferramentas de crescimento interior, que está o ponto de partida, o gatilho para o sucesso da tua gravidez e do teu parto. Mas um conhecimento que pertence a três níveis: físico, mental e espiritual.

Procura quem te prepare para tudo o que realmente vai acontecer a ti, ao novo papel que irás desempenhar, que prepare o teu companheiro, pois gravidez não é uma jornada solitária. Mesmo em gravidezes monoparentais a grávida deverá criar um sistema de apoio e essas pessoas também farão parte desta preparação.

“É a nossa luz, não as nossas trevas, o que mais nos assusta…”

MARIANNE WILLIAMSON

A verdade é que o que nós temos verdadeiramente medo é de descobrir o nosso PODER PESSOAL, a NOSSA LUZ, a nossa centelha de divino. Nós mulheres somos capazes de tudo, e temos de encontrar esse poder, quer para a sala de parto quer para a nossa vida.

Autor: Telma Cabral

Leave a comment